Nas Notícias

Portugal continental com risco muito elevado de exposição aos raios UV

Todos os distritos de Portugal continental e algumas ilhas dos arquipélagos dos Açores e da Madeira têm hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV).

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), além de Portugal continental, as ilhas de Porto Santo, na Madeira, e as ilhas da Terceira e das Flores, nos Açores, apresentam um risco muito elevado.

As ilhas do Faial, nos Açores, e a da Madeira têm um risco elevado, enquanto Ponta Delgada terá um risco moderado.

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

O índice ultravioleta varia entre 1 e 2, em que o risco de exposição à radiação UV é baixo, 3 a 5 (moderado), 6 a 7 (elevado), 8 a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).

Para Portugal continental, o IPMA prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo e subida acentuada da temperatura máxima.

As temperaturas deverão chegar aos 33º Celsius em Lisboa, 34º no Porto e 28 no Porto. Évora será o distrito com temperatura mais elevada, prevendo-se 41º.

Nos Açores aguarda-se céu geralmente pouco nublado, devendo aumentar de nebulosidade a partir da tarde no grupo oriental (S.Miguel e Santa Maria), onde há também a possibilidade de aguaceiros fracos.

Ponta Delgada chegará aos 26º.

Na Madeira, a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte e terras altas até meio da tarde. O vento será moderado, soprando temporariamente forte nas terras altas e no extremo leste da ilha da Madeira.

O Funchal vai atingir hoje os 26º.

0Shares

Em destaque

Subir