Economia

Portugal com terceiro maior recuo mensal na produção da construção na zona euro, em novembro

A produção no setor da construção recuou, em novembro último face a outubro, 0,1 por cento na zona euro, mas aumentou 0,2 por cento na União Europeia (UE), com Portugal a registar a terceira maior quebra (-1,5 por cento), segundo o Eurostat.

Na comparação homóloga, a produção no setor da construção aumentou 0,9 por cento na zona euro e 1,8 por cento na UE, em novembro.

Segundo o gabinete estatístico da UE, Portugal registou a terceira maior quebra mensal na produção no setor da construção (-1,5 por cento), depois da República checa (-3,6 por cento) e da Alemanha (-1,7 por cento).

Os principais avanços observaram-se na Hungria, Eslovénia (4,4 por cento cada) e França (1,5 por cento).

Face a novembro de 2017, as maiores subidas no indicador foram registadas na Hungria (27,3 por cento), Eslovénia (18,9 por cento) e Polónia (16,0 por cento) e os maiores recuos na Roménia (-4,8 por cento), Suécia (-2,6 por cento) e Alemanha (-1,9 por cento).

Em Portugal, a produção no setor da construção cresceu 3,0 por cento na comparação homóloga.

Mais partilhadas da semana

Subir