Clube dos Pensadores

Porto/Vigo

Aviao_TAP_900x450Quem vive no Porto e é nascido a Norte sente-se indignado e ostracizado com esta questão  da TAP. A senhora de Lisboa sempre tratou o Porto como moça de recados. Muitos políticos do Norte quando descem até ao Tejo ficam alisbonados e renegam as suas origens.

Veja-se que os deputados eleitos pelo círculo do Porto, em relação a este caso, não disseram nem xus nem mus.

O que Rui Moreira fez como porta-bandeira na defesa do Aeroporto Sá Carneiro estou completamente de acordo. Marcou a sua posição em defesa da cidade e de uma zona.

Todavia a entrevista à revista Visão em que diz: “Vigo sente-se como a salsicha fresca dentro de uma francesinha, com um aeroporto miserável e que percebeu que há um senhor americano em Lisboa que tem uns aviões a hélice parados”. A páginas tantas, Rui Moreira afirmou que: “Os cidadãos de Vigo serão levados pela TAP para Lisboa acompanhados ou não, durante uma noite que incluirá uma noite num hotel lisboeta, com pequeno-almoço e transporte. Acrescentando, “só pergunto se a TAP também oferece companhia em Lisboa”.

Como se sabe a TAP tem a intenção de criar uma ligação entre Vigo e Lisboa. Acho que Rui Moreira se excedeu na linguagem e até estou surpreendido com esta verborreia.

Já em 2013 em plena campanha eleitoral, para autarquia do Porto, Rui Moreira também se passou. Numa acesa discussão com o presidente do ACP, Carlos Barbosa, a propósito do Rally de Portugal vir ou não para o Norte. Carlos Barbosa chamou “bando de garotos” a Rui Moreira e ao candidato do PS. Rui Moreira respondeu a Carlos Barbosa dizendo que é “uma lamentável tentativa de interferência na campanha eleitoral do Porto” por parte de alguém que “seguramente a seguir ao almoço estava entusiasmado” e “que não compreende” a preocupação da sua candidatura com “as contas à moda do Porto”.

Como candidato ainda posso compreender a resposta de Rui Moreira ao ACP, apesar de constatar hoje, que já são amigos e o Rally de Portugal veio para Norte e vai ter uma classificativa na Avenida dos Aliados, este ano.

Agora como presidente da Câmara Municipal do Porto não compreendo o que disse de Vigo. Deve defender os interesses da nossa cidade sem insultar e fazer declarações deste tipo. É presidente de uma instituição pública. Ter poder não pode dar azo a atitudes e comportamentos deste teor. É no poder que se conhecem as pessoas. Não me revejo nestas afirmações como alguém do Porto e do Norte.

Todavia Rui Moreira deve assestar baterias nos actuais donos da TAP e no anterior governo que a privatizou sem preservar determinados requisitos. Se tal não resultar deve virar-se para outras companhias aéreas que queiram o Porto como rota.

Por outro lado, o Aeroporto Sá Carneiro fica em terrenos de Matosinhos e da Maia. Ainda não vi Guilherme Pinto e Bragança Fernandes solidarizarem-se publicamente com Rui Moreira. E, por onde anda a tão querida Frente Atlântica  que engloba autarcas do Porto, Gaia e Matosinhos? Penso que foi criada para tratar assuntos de carácter comum. A existência de voos directos no Porto traz mais gente de negócios e de turismo que é importante, não só, para o Porto, mas para Gaia e Matosinhos.

Temos que fazer como Barcelona que ignora Madrid, já chega de fazer queixinhas e sempre a choramingar. Não querem nada connosco, partimos para outra. A TAP não quer o Porto ?! Não faltarão companhias aéreas que queiram o Porto como rota de destino e de partida.

Vigo não tem culpa de ser escolhida pela TAP e Rui Moreira excedeu-se na defesa da cidade do Porto. Vigo é uma cidade que assiduamente os portuenses apreciam e visitam, de outro modo, muitos habitantes de Vigo apreciam e visitam o Porto. O autarca de Vigo, Abel Caballero cortou relações com Rui Moreira, o que lamento.

Mais partilhadas da semana

Subir