Nas Notícias

Porta-voz do PS lamenta abstenção na lei laboral “para honrar a assinatura de Sócrates”

ps_joao_assuncao_ribeiroPorta-voz do PS, João Assunção Ribeiro manifesta no Facebook desalento pela abstenção na votação da lei laboral. O membro do secretariado nacional está contra as alterações ao Código do Trabalho e lamenta que o partido imponha ordem de silêncio, “para honrar a assinatura de Sócrates” e defender “medidas inaceitáveis”.

“Para defender Sócrates temos de nos calar”, diz João Assunção Ribeiro, numa alusão à abstenção do Partido Socialista na votação da nova lei laboral. O porta-voz do PS considera que os deputados do partido estão a ser obrigados a “defender o passado”, rubricado por Sócrates, no memorando de entendimento com a troika.

“Temos de nos calar contra medidas inaceitáveis, para defender o passado”, escreveu João Assunção Ribeiro, naquela rede social.

Em destaque

Subir