Motores

Porsche mantém liderança na primeira qualificação em Le Mans

NeelJaniLeMans1

A Porsche, através do 919 Hybrid n.º 2 guiado por Neel Jani, cotou-se como a mais rápida nos treinos de qualificação para a 84.ª edição das 24 Horas de Le Mans, que esta quarta-feira à noite tiveram lugar no mítico circuito de La Sarthe.

O piloto suíço, que já tinha sido o mais veloz nos treinos livres realizados durante a tarde, realizou a melhor volta ao traçado de 13 quilómetros em 3m19,733s.

Jani, que divide o segundo LMP1 da Porsche com Marc Lieb e Romain Dumas foi quatro décimas mais rápido que Timo Bernhard, no Porsche 919 Hybrid n.º 1. O piloto helvético foi cerca de 2,8 segundos mais rápido do que tinha sido nos treinos livres.

Atrás dos dois protótipos da Porsche colocou-se o melhor dos Toyota TS050, o n.º 6, apesar de Lucas di Grassi no Audi R18 e-tron quattro nº 8 ter conseguido baixar a sua marca e bater o outro LMP1 da Inglostadt.

Não obstante ter sido a melhor dos adversários da Porsche, a Toyota não teve uma qualificação isenta de problemas, já que o carro n.º 5 ficou parado na pista quando Sebastien Buemi. Isto depois da saída de pista de Stéphane Sarrazin com o carro n.º 6 nos treinos livres.

Já na Audi o carro nº 7 teve problemas com um conector de combustível enquanto o n.º 8 experimentou dificuldades ao nível do eixo dianteiro. Mesmo assim os dois LMP1 de Ingolstadt completaram duas dezenas de voltas.

Em LMP2 a noite pertenceu a René Rast. O alemão, antigo vencedor da Porsche SuperCup, foi o mais rápido aos comandos do Oreca 05 Nissan n.º 26 da G-Drive, batendo por meio segundo Nelson Pantiatici no Alpin da Baxi DC Racing. Mas a marca deste francês pode ser-lhe retirada já que desrespeitou uma situação de bandeiras amarelas quando Giancarlo Fisichella se despistou no Ferrari 488 GTE da Risi Competizione nas curvas Porsche.

Infelizmente esta primeira sessão de qualificação não foi favorável às cores portuguesas na segunda categoria de protótipos, já que Filipe Albuquerque foi 13.º no Ligier da RGR by Morand, enquanto o Ligier da Krohn Racing que João Barbosa divide com Tracy Krohn e Nic Johnsson foi o segundo mais lento da classe

DirkMullerLeMans

Já em GTE Pro a primazia pertenceu ao Ford GT n.º 68 guiado por Dirk Muller. O alemão foi o mais veloz dos quatro carros da oval de Detroit, que ocupou quatro das primeiras cinco posições da categoria, com Ryan Briscoe a ser o segundo melhor aos comandos do n.º 69.

EM GTE Am Pedro Lamy acabou a qualificação com o segundo melhor registo no Aston Martin Vantage n.º 98, atrás do Ferrari 458 Italia daClearwater Racing guiado por Rob Bell. Rui Águas situou-se no quarto lugar com o Ferrari 458 GTE da AF Corse.

 

Em destaque

Subir