Motores

Pontos são prioridade de Félix da Costa em Sanya

Uma semana depois de ter disputado as 1000 Milhas de Sebring, António Félix da Costa está de regresso à ação no Campeonato FIA de Fórmula E, disputando no próximo fim de semana a sexta corrida da época.

Depois de Hong Kong, a competição mantém-se na China competindo num novo cenário, a cidade de Sanya, que pela primeira vez recebe os monolugares elétricos num local que é conhecido por ser a capital chinesa da vela.

Mas é sobre quatro rodas que se vai jogar esta prova, com Félix da Costa, atual quinto classificado no campeonato, com 47 pontos, a procurar juntar mais alguns que relancem a sua campanha na competição.

“A estratégia é continuar a marcar bons pontos, sem correr riscos desmedidos e garantir que maximizamos o potencial do nosso carro. Há circuitos onde estaremos em condições de ganhar, outros nem por isso, portanto o fundamental é marcar sempre o maior número de pontos em cada corrida”, começa por dizer o piloto português da BMWi Andretti.

António Félix da Costa está ciente de que sendo a pista nova para todo o pelotão da Fórmula E, as oportunidades de um bom resultado são grandes, por isso preparou-se com esse objetivo.

“Para Sanya, pelas simulações que fizemos, acredito que poderemos voltar a lutar por um pódio, mas na Fórmula E nada é certo, pelo que vamos entrar em pista focados em dar o nosso melhor”, acrescenta o piloto de Cascais.

O traçado de Sanya é composto por onze curvas, tem um perímetro de 2,236 quilómetros e está situado na proximidade da praia, sendo que o programa tem lugar, como é habitual, no dia de sábado, com duas sessões de treinos livres, seguidas da qualificação. A corrida, de 45 minutos, disputa-se a partir das 6h45 em Portugal e é transmitida em direto pelo Eurosport.

Mais partilhadas da semana

Subir