Local

Ponte entre Barreiro e Seixal prevista nas acessibilidades do novo aeroporto

A construção da ponte rodoviária entre os concelhos do Barreiro e do Seixal, no distrito de Setúbal, está prevista nas acessibilidades do novo aeroporto do Montijo, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

“No âmbito das negociações com a ANA – Aeroportos de Portugal para o aeroporto do Montijo, no pacote das acessibilidades não está a via pedonal e ciclável, mas está prevista uma ponte rodoviária que restaure a ligação entre o Barreiro e Seixal”, revelou o governante.

António Costa falava durante uma visita ao Seixal, onde foi assinalada a conclusão da primeira fase de realojamentos dos moradores de Vale de Chícharos, mais conhecido como bairro da Jamaica.

O chefe de Governo referiu, assim, outro dos problemas que será possível resolver “ainda nesta legislatura”, avançando que mantém a confiança de que “não haja nenhum problema ambiental que impeça a instalação do aeroporto no Montijo”.

A Câmara Municipal do Barreiro anunciou na terça-feira o adiamento da construção da ponte pedonal com ligação ao Seixal, aproveitando os fundos para a criação de uma rede ciclável para melhorar a mobilidade no concelho – uma medida que o município do Seixal discordou.

Em março de 2017, as duas autarquias assinaram um protocolo para a concretização de uma ponte que ligaria os concelhos, no entanto, em junho do mesmo ano, a administração do Porto de Lisboa inviabilizou o projeto ao exigir que a parte móvel da infraestrutura tenha mais 20 metros.

Segundo a Câmara do Seixal, esta infraestrutura teria um investimento total na ordem dos seis milhões de euros.

O Plano de Ação e Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) tinha atribuído um orçamento de cerca de 2,1 milhões de euros para a concretização deste projeto e, para o presidente da Câmara, Frederico Rosa, é importante “não deixar cair os fundos, recolocá-los e resolver o problema das pessoas de forma estrutural”.

Em discurso no auditório da Câmara Municipal do Seixal, António Costa anunciou ainda que “no final do mês termina o prazo para apresentação das propostas para a edificação do novo hospital do Seixal”.

Para o chefe do Governo, “a vida felizmente não acaba nesta legislatura” e haverá mais oportunidades para “continuar a resolver os problemas” existentes no Seixal.

Mais partilhadas da semana

Subir