Mundo

Polícia brasileira deteve traficante suspeito de enviar cocaína para a Europa

A polícia brasileira deteve hoje, numa vila perto do Rio de Janeiro, um alegado traficante de droga, com ligações à máfia calabresa, que é suspeito de ser o responsável pelo envio de cocaína para a Europa.

Segundo a Secretaria de Segurança de São Paulo, André de Oliveira Macedo, também conhecido por ‘André do Rap’, foi detido “numa vila de luxo em Angra dos Reis”, uma cidade situada a 150 quilómetros de distância do Rio de Janeiro.

As autoridades policiais apreenderam ao suspeito um helicóptero e um iate de luxo.

Segundo os investigadores, ‘André do Rap’ foi um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma poderosa fação criminosa que nasceu nas prisões de São Paulo.

De acordo com a fonte, em estreita ligação com a máfia da Calábria, a ‘Ndrangheta’, o suspeito supervisionou o envio de cocaína para a Europa através do Porto de Santos, o maior da América Latina.

As apreensões de cocaína quase duplicaram no Brasil no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando mais de 25 toneladas.

Em julho, dois alegados membros da ‘Ndrangheta’ também foram presos perto do Porto de Santos.

De acordo com a Polícia Federal do Brasil, a máfia calabresa controlará “40 por cento do transporte mundial de cocaína” e será “o principal importador para a Europa”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir