Europa

PM espanhol anuncia hoje a data das eleições legislativas

O primeiro-ministro socialista espanhol, Pedro Sánchez, deverá anunciar hoje em Madrid a data da realização de eleições legislativas, depois de o seu primeiro projeto de Orçamento ter sido chumbado na última quarta-feira pelo parlamento.

O anúncio, sobre a forma de declaração institucional, está marcado para as 10:00 locais (09:00 em Lisboa).

As dúvidas sobre se Sánchez iria tentar continuar a Governar com a prorrogação das contas do anterior executivo do Partido Popular (direita) foram desfeitas na quinta-feira pela sua ministra da Fazenda.

María Jesús Montero assegurou, numa entrevista a uma rádio, que, depois da reunião do Conselho de Ministros de hoje, o primeiro-ministro iria “comunicar a convocatória de eleições” e que a única “dúvida é quando” se irão elas realizar: “Durante o ano de 2019 de certeza […] a data concreta só ele [Pedro Sánchez] a conhece”, acrescentou.

Imprensa e analistas políticos espanhóis avançaram nos últimos dias que as datas mais prováveis para essa consulta são 28 de abril ou 26 de maio, esta última coincidindo com as eleições europeias, autonómicas e autárquicas.

Pedro Sánchez é chefe do Governo desde junho último, depois do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol), com apenas 84 deputados num total de 350, ter conseguido aprovar uma moção de censura ao executivo também minoritário anterior liderado por Mariano Rajoy.

Os partidos independentistas catalães, que foram decisivos há oito meses na subida ao poder do secretário-geral do PSOE, votaram na quarta-feira ao lado da oposição de direita na devolução ao executivo da totalidade das contas de Estado.

Mais partilhadas da semana

Subir