Nas Notícias

PJ interceta ’toupeiras’ no sistema informático das Finanças

Dois funcionários da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) foram constituídos arguidos, nesta terça-feira, por recaírem sobre si suspeitas de acesso ilegal a dados no sistema informático das finanças.

A operação ‘Bug’ foi realizada pela Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T) e a Polícia Judiciária realizou buscas às residências dos dois suspeitos.

“São suspeitos de acesso ilegítimo a dados privados no sistema informático da Inspeção-Geral de Finanças”, revela a Renascença.

Além disso, as autoridades realizaram buscas informáticas nos postos de trabalho dos dois funcionários, agora constituídos arguidos no âmbito deste processo ‘Bug’.

As autoridades apreenderam material informático para que possa ser analisado e, eventualmente, servir de prova.

As duas ’toupeiras’ estão na mira da justiça por suspeita de acesso ilegítimo e intrusão.

As investigações vão continuar, não estando afastado o cenário de eventuais novas buscas, tal como podem ser investigadas outras pessoas.

Mais partilhadas da semana

Subir