Tecnologia

Pirataria: FBI fecha MegaUpload; Anonymous declara guerra aberta

anonymous_1É como se estivesse declarada a abertura da primeira guerra mundial virtual. Depois do fecho do site de partilha de ficheiros MegaUpload, ao final da tarde desta quinta-feira, não foi preciso muito tempo para o Anonymous entrar em ação.

Esta sexta-feira, 19 de janeiro de 2012, poderá ficar na história como o dia em que teve inicio a primeira guerra mundial virtual.

Tudo começou ao final da tarde de hoje. Em comunicado, o FBI afirmou ter fechado o site MegaUpload devido a anos de violação de direitos de autor. Ao tudo, a organização norte-americana diz que houveram prejuízos na ordem dos 500 milhões de dólares, desde que o site foi lançado em 2005.

Esta semana ficou na realidade marcada pelo protesto da Wikipédia contra a lei SOPA (Stop Online Piracy Act), uma proposta do governo norte-americano que quer obrigar todos os grandes sites na Internet a filtrar conteúdo, de modo a proteger direitos de autor. No entanto, o FBI afirma no mesmo comunicado que o fecho do MegaUpload não está relacionado com o mesmo caso.

Em toda a operação, levada a cabo pela organização norte-americana, que demorou cerca de dois anos, foram detidas para já quatro pessoas na Nova Zelândia mas os próximos dias devem trazer mais novidades nesta parte.

Entretanto, e como já era previsto por muitos, os grupos de hackers já meteram mãos à obra, protestando desta forma contra o fecho do site MegaUpload. Censura, é uma das palavras mais utilizadas na Internet destes tempos.

Já esta noite, o grupo Anonymous, provavelmente a maior organização de hackers do mundo, já causou danos em vários organismos dos Estados Unidos. Os sites da justiça norte-americana, da Universal Music, da Associação Cinematográfica Americana e da Associação da Indústria de Gravação da América estão offline neste momento e o problema ainda não tem resolução à vista.

Na conta do grupo de piratas no Twitter, pode ler-se mensagens que espelham bem a vontade que existe em abrir guerra à decisão do FBI. As informações sobre novos ataques são quase publicadas minuto a minuto. Veja mais aqui.

Durante a madrugada e o dia desta sexta-feira, será certamente um dos assuntos mais falados em todo o mundo.

Em destaque

Subir