Desporto

Piloto português morre após despiste no autódromo do Estoril

Sérgio Leitão, piloto português de 40 anos, morreu esta tarde, em Cascais, depois de se ter despistado no Autódromo do Estoril, quando competia no Campeonato Nacional de Velocidade.

O despiste aconteceu pelas 15h20 desta tarde. Sérgio Leirão foi socorrido de imediato por uma equipa de bombeiros de Alcabideche e os médios presentes.

Foi transportado para o Hospital de Cascais, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.

“Logo após o acidente foram acionados todos os meios habituais neste tipo de situações. A equipa de comissários e a equipa médica cumpriram com o seu trabalho e o piloto foi evacuado assim que as operações de estabilização terminaram. Infelizmente veio a falecer já no hospital e após uma reunião com todos os elementos do júri foi decidido cancelar o restante evento”, afirmou António Lima, presidente do Motor Clube do Estoril, ao site da Federação Motociclismo de Portugal.

O piloto, com cerca de 40 anos, que participava com uma Honda CBR 600, terá ficado sem travões, saindo em frente na curva 6 do circuito português, a chamada ‘curva do tanque’, segundo disse à Lusa um dos pilotos presentes no evento.

Mais partilhadas da semana

Subir