Fórmula 1

Pierre Gasly irritado com ‘fake new’ de um jornalista da F1

Antes do começo das ‘hostilidades’ no Grande Prémio do Canadá de Fórmula 1 Pierre Gasly veio a público manifestar a sua indignação para com um jornalista que faz a cobertura do campeonato.

O francês não gostou nada que Roberto Chinchero, que escreve para o site motorsport.com, insinuasse que ele seria substituído por Nico Hulkenberg na Red Bull Racing.

Mesmo Hulkenberg, atual piloto da equipa Renault, classificou aquilo que Chinchero escreveu de “fake news”. O alemão acrescentou mesmo: “Ele inventou aquilo, basicamente”.

Pierre Gasly sublinhou que é completamente apoiado por Helmut Marko no seio da Red Bull, e respondeu a Roberto Chinchero de uma forma bem firme. “Vindo de alguém com a experiência do sr. Chinchero é uma desilusão”, declarou o piloto da Normandia ao jornal canadiando La Presse.

Relativamente à sua relação com Helmult Marko, que gere a sua carreira, Gasly referiu que “tem sido boa”, sunlinhando: “Sinto que até agora tenho tirado o potencial de mim mesmo. Mas corrida a corrida vejo as coisas a melhorarem”.

Esta situação de rumores relativos a um piloto a competir na Fórmula 1 não é nova, com aquele relacionado com uma próxima retirada de Sebastian Vettel a merecer também uma forte crítica por parte do alemão da Ferrari.

“Nunca disse que faria qualquer coisa como essa e não vejo de onde isso veio. Penso que posso parar quando eu quiser ou a equipa me pode mandar embora quando quiser, mas estou contente com a equipa e espero que a equipa também esteja contente comigo”, afirmou Vettel.

O piloto de Heppenheim acrescentou: “Percebo que uma parte dos jornalistas esteja a tentar fazer o seu trabalho, não inventando coisas mas surgindo com algo interessante. Mas podem fazer o que entenderem e eu vou fazer o que quero”.

Mais partilhadas da semana

Subir