Motores

Phillipe Chiappe ‘voa’ sobre o Douro e vence GP de Portugal F1 H2 O

PhillipeChiappeGPportugal415

Phillipe Chiappe pode ter falhado a ‘pole position’ na qualificação de sábado, mas na corrida de domingo ‘voou’ sobre as águas do rio Douro, vencendo de forma concludente o Grande Prémio de Portugal F1 H2 O.

O francês ainda seguiu atrás do ‘pole position’ Sami Selio nas primeiras voltas, mas depois Chiappe foi-se aproximando do finlandês e acabou por ultrapassá-lo à décima passagem pelo percurso ‘desenhado’ entre as margens de Porto e Gaia.

Rapidamente o gaulês, campeão do mundo em título, se foi afastando de Sami Selio, que progressivamente viu Alex Carella aproximar-se. O italiano que tinha começado a prova de forma muito discreta, rapidamente ganhou andamento e parecia capaz de poder discutir a vitória quando deu um toque no barco de Selio, que acabou por se virar.

SamiSelioGPportugal615

De imediato a Direção da corrida foi obrigada a neutralizar a prova e mostrar as bandeiras amarelas, para que o piloto finlandês fosse extraído das águas do Douro e a sua embarcação fosse retirada do percurso.

Quando a corrida foi retomada Phillipe Chiappe não hesitou e voltou a forçar o andamento afastando-se dos demais, enquanto Erik Stark e Francesco Cantando lograram surpreender Alex Carella. A partir o sueco e Cantando iniciaram um duelo pela segunda posição, que o escandinavo viria a ganhar.

Francesco Cantano acabaria por perder ritmo e perder o terceiro posto para Alex Carella, que ainda tentou, em vão recuperar o segundo lugar a Erik Stark, mas o sueco soube defender a posição até final.

“Foi fantástico ganhar aqui, numa prova que se disputa pela primeira vez. Uma corrida muito difícil, devido à ondulação e ao facto do traçado ser muito estreito, com muitos barcos pelo meio para dobrar”, afirmou Chiappe no final da prova.

“Este triunfo resulta da minha experiência. Que é importante nestas situações. E também se deve ao excelente trabalho feito pela equipa, por franceses, chineses e ingleses. Espero manter este nível pois quero renovar o título mundial”, acrescentou o piloto gaulês.

DuarteBenaventeGPportugal515

Já Duarte Benavente, o único piloto em prova, foi bastante infeliz, pois se antes da situação de bandeiras amarelas rodou regularmente entre os dez primeiros, o motor do seu barco viria a ceder e privá-lo de um mais do que provável nono lugar final.

“Estava a fazer uma boa corrida, discutindo posição com mais três pilotos, e mesmo antes da situação de bandeiras amarelas o motor partiu. Foi uma pena, porque queria dar ao meu público um bom resultado na prova do meu país e na primeira vez que o campeonato vem ao norte. Parabéns mesmo assim a todos os que tornaram isto possível”, declarou o piloto de Azeitão, não escondendo uma certa desilusão.

PhillipeChiappeGPportugal515

Classificação
1.º Phillipe Chiappe (China CTIC Team) 36 voltas
2.º Erik Stark (Emirates Team) +4,25s
3.º Alex Carella (Team Abu Dhabi) + 5,39s
4.º Francesco Cantando (Motorglass F1 Team) + 13,56s
5.º Shaun Torrente (Victory Team) 15,53s
6.º Thani Al Qemzi (Team Abu Dhabi) + 1 volta
7.º Filip Roms (Mad Croc Baba Racing) + 1 volta
8.º Youssef Al Rubayan (F1 Atlantic Team) + 1 volta
9.º Christophe Larigoy (Emic Team) + 2 voltas
10º Ahmend Al Hameli (Emirates Team) + 2 voltas

Fotos: João Avelino Lacerda

15Shares

Mais partilhadas da semana

Subir