Motores

Peugeot Rally Cup Ibérica na sua primeira ronda ‘mundialista’ da época

A terceira prova da Peugeot Rally Cup Ibérica 2019, o Rali de Portugal, é a primeira das duas rondas ‘munfialistas’ da competição monomarca organizada pelos importadores da marca em Portugal e Espanha.

O momento é por isso de importância relevante para as 15 equipas que se apresentam à partida da prova lusa do Campeonato do Mundo de Ralis, que desta vez apresenta novos desafios, como o regresso à zona centro do país e aos míticos troços da região de Arganil.

Espera-se que a tradicional robustez e fiabilidade dos Peugeot 208 R2 sejam ‘aliadas’ dos concorrentes do troféu, que marcaram presença à partida do evento do ACP Motorsport, que desta vez se faz frente a Universidade de Coimbra, embora o centro nevrálgico se mantenha na Exponor, em Matosinhos.

Neste Rali de Portugal estão em maioria os candidatos da Junior Cup (menos de 26 anos), com dois terços do plantel, que inclui a habitual representante britânica na Ladies Cup.

Daniel Berdomás e David Rivero estão na frente da Peugeot Rally Cup Ibérica, com pouco mais de dois pontos de vantagem sobre Daniel Nunes, enquanto Josep Barras ocupa a terceira posição. De regresso, após ausência no Sierra Morena, está Pedro Antunes, que estreia Alexandre Rodrigues como co-piloto e ocupa o quarto posto do troféu, à frente José María Reyes.

Face às reduzidas diferenças pontuais entre os cinco primeiros classificados (foram os únicos a acumular, à data, mais de 26 pontos) e tendo em conta que uma vitória vale 25 pontos, um segundo lugar 20 e um terceiro 17, antecipa-se que, no final do rali, este ‘ranking’ vá sofrer alterações de monta, influenciadas também pelas restantes pontuações para o top dez e o extra de 5 pontos a dividir pelas duplas que registarem os melhores tempos nos sete troços do rali.

Do lado português, a lista de presenças completa-se com Hugo Lopes/Nuno Ribeiro, Ricardo Sousa/Luis Marques, Carlos Fernandes/Valter Cardoso e Paulo Moreira/Marco Macedo, aqui com o estatuto de rookies. Do outro lado da fronteira chegam Sérgi Francoli/María Salvo, José Luís Pélaez/Rodolfo del Barrio, e Santiago Garcia/Néstor Casal, mais os britânicos Ruiari Bell/Darren Garrod e Nabila Tejpar/Max Freeman e, finalmente, o jovem representante estónio Georg Linnamae e o seu navegador ucraniano Volodymyr Korsia.

Na classificação das Equipas, a Inside lidera (41 pontos), inscrevendo nesta prova nada menos do q duas duplas. Segue-se o TRS Rally Team (39 pontos), que no Rali de Portugal terá a responsabilidade por dar assistência ao Peugeot 208 R2 do atual líder da copa e a GC Motorsport (35 pontos), aqui com dois carros inscritos. Estão, neste momento, classificadas 11 equipas.

Mais partilhadas da semana

Subir