Motores

Peugeot com a Rebellion para Hypercar no ‘Mundial’ de Resistência

A Peugeot anunciou que o seu regresso ao Campeonato do Mundo de Resistência (WEC), programado para 2022, será com um Hypercar e de forma conjunta com a equipa Rebellion.

Isto significa que a marca de Sochaux utilizará a atual estrutura suíça que compete no WEC, sendo que a equipa técnica da Peugeot definirá as linhas mestras do projeto em janeiro do próximo ano.

Segundo Jean-Phillippe Imperato, diretor da marca francesa, a ideia é “abrir um novo capítulo com a hibridização”, e sublinha: “O anúncio da nossa participação, há algumas semanas, suscitou um grande furor. Estamos contentes com esta nova viragem desportiva e energética que vamos enfrentar, que acompanhará os nossos lançamentos na Peugeor Sport Engineered”.

“Estou também convencido com este compromisso seremos aliados com uma grande parceria. A paixão, a perfeição e a performance da Rebellion associam-se perfeitamente aos valores da Peugeot; Exigência, Visão e Emoção”, destaca Imperato.

Já para o diretor da PSA Motorsport, Jean-Marc Finot, “o conhecimento e o saber fazer da Rebellion Racing no WEC é um atributo para compor uma equipa forte de modo a abordar 2022 nas melhores condições”, e dá o exemplo da vitória da estrutura suíça em Xangai. “Os papéis serão repartidos de acordo com as competências respetivas e estaremos todos baseados em Versailles-Satory”, fez saber ainda.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir