Desporto

Petit procura momento de viragem para surpreender Braga

O treinador do Marítimo, Petit, disse hoje que espera terminar a série negativa da sua equipa e surpreender o Sporting de Braga na quarta-feira, em encontro da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Os madeirenses levam 15 jogos sem vencer em todas as competições (12 derrotas e três empates), dez dos quais para o campeonato, o que não abala a confiança do técnico.

“Pode ser aqui a nossa viragem. Estamos mais perto [de vencer] porque a equipa está a acreditar no processo e no trabalho. Esta equipa tem qualidade, tem valores individuais, o coletivo tem de sobressair e vamos a Braga com o intuito de conquistar os três pontos”, salientou, na conferência de imprensa de antevisão do encontro de Braga.

O Sporting de Braga, orientado por Abel Ferreira, ainda não perdeu em casa esta época e cedeu apenas dois empates, e merece muitos elogios.

“É uma equipa com muita qualidade, que se tem aproximado dos três ‘grandes’ nos últimos anos, é um candidato [ao título], com um coletivo forte, muito bem orientada”, comentou.

Petit referiu que os ‘arsenalistas’ gostam de colocar muitos jogadores no processo ofensivo, por isso, considera que o Marítimo pode apanhar o adversário desprevenido nos contra-ataques.

“Temos de ser uma equipa muito compacta, sem dar espaço ao Braga, que gosta de jogar entrelinhas, tanto no jogo interior, como no exterior. Quando tivermos a bola, sabemos o que temos de fazer para poder surpreender, jogar com qualidade, sair para o ataque com processos bem delineados para poder criar perigo e fazer golos”, destacou.

O Marítimo já vai viajar hoje para o Porto, dois dias antes do jogo, e Petit explicou a razão para antecipar a deslocação.

“Queremos estar mais focados e concentrados porque, no espaço de 72 horas, temos dois jogos importantes, com o Braga (quarta-feira) e, depois, com o Portimonense (sábado) e, em termos fisiológicos, a melhor opção para os jogadores era irem hoje e estarem mais descansados”, justificou.

A saída do capitão Danny do clube na semana passada também mereceu ênfase na conferência de imprensa e ficou uma palavra de apreço para o internacional português.

“O Danny era uma mais-valia, mas temos de respeitar a decisão dele, que é um excelente jogador, nota-se pela carreira que fez. Desejo-lhe as maiores felicidades na sua nova vida, mas temos de nos focar e acreditar que temos aqui bons valores, em que precisamos de injetar confiança”, afirmou.

O Marítimo, 15.º classificado, com 11 pontos, visita o Sporting de Braga, quarto, com 30, na quarta-feira, com o apito inicial marcado para as 18:00.

Mais partilhadas da semana

Subir