Motores

Peterhansel recupera comando na Rota da Seda

LoebRotaSeda4

Stéphane Peterhansel recuperou a liderança do Rali Rota da Seda, prova pontuável para a Taça do Mundo de todo-o-terreno que se está a disputar na Ásia Central, após uma tirada que compreendia uma especial cronometrada de 223,4 quilómetros.

O mau tempo marcou esta quarta etapa, com lama a acumular-se devido à forte chuvada que caiu sobre uma vegetação alta, e que em nada beneficiou o Peugeot 2008 do ex-vencedor do Dakar.

Estas condições difíceis do terreno motivaram vários furos, nomeadamente em dois dos Peugeot oficiais, com o vencedor da véspera, Cyril Després, a ser uma das ‘vítimas’, perdendo mais de 12 minutos para o vencedor da etapa. Isto para além do ónus de ir a ‘abrir’ a estrada.

Stéphane Peterhansel teve mais sorte, conseguiu adotar um ritmo forte e geriu bem a sua prova, batendo Vladimir Vasilyev por mais de seis minutos. O russo da X-Raid Mini esteve em bom plano, superando Sebastien Loeb, o terceiro mais rápido, pouco mais de um minuto.

RakhimbayevRotaSeda4

“Os primeiros 60 quilómetros estavam enlameados e muito escorradios”, assinalou Peterhansel, que mesmo assim sentiu “algum prazer de condução” e também “muita navegação”. O francês sublinha que partir mais atrás foi uma vantagem, pois “havia trilhos para seguir” ainda que a lama projetada por outros concorrentes dificultasse a visibilidade.

Para esta quarta-feira mais de 820 quilómetros esperam os concorrentes, num percurso que inclui uma especial cronometrada de 568,2 km.

Classificação após a 4.ª etapa
1.º Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Peugeot) 4h05m14s
2.º Vladimir Vasilyev/Konstantin Zhiltsov (Mini) + 2m41s
3.º Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot) + 2m51s
4.º Cyril Despres/David Castera (Peugeot) + 3m59s
5.º Aidyn Rakhimbayev/Anton Nikolaev (Mini) + 6m52s

Em destaque

Subir