Nas Notícias

“Perro”: GNR aplica multas a 496 donos e apreende cinco animais

cao bife 210cao bife bigA operação de fiscalização “Perro” levou a GNR a multar, em apenas dois dias, 133 donos de cães de raça potencialmente perigosa e mais 363 proprietários pela falta de um ou mais requisitos legais, como o registo ou o seguro de responsabilidade civil.

A Guarda Nacional Republicana divulgou os números da operação “Perro”, uma ação de fiscalização a proprietários realizada entre terça e quarta-feira em todo o país. Foram levantadas 496 contraordenações e apreendidos cinco animais. A principal incidência desta operação esteve nas raças consideradas perigosas e potencialmente perigosas.

De acordo com dados fornecidos, 133 proprietários de cães de raças potencialmente perigosa foram multados por infrações como a falta de registo, licença e de esterilização, licença caducada, alojamento sem condições de segurança e a falta de seguro de responsabilidade civil válido.

Os restantes 363 donos de cães foram multados, na maioria dos casos, devido à falta de licença, de registo, de vacinação antirrábica e de identificação eletrónica.

A operação “Perro” permitiu ainda à GNR apreender quatro cães da raça pitbull e um rottweiler por falta do documento obrigatório de posse de cão.

De acordo com o comunicado, foram fiscalizados 1004 animais numa ação envolveu 534 militares do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e da investigação criminal.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir