Nas Notícias

Pedro Proença afastado pela TVI

A TVI não gostou de um expediente profissional usado pelo advogado Pedro Proença e afastou-o de todos os programas em que participava como comentador.

Adepto do Sporting, Pedro Proença tornou-se notado nos programas da TVI, sobretudo de desporto, ainda na parte final da presidência de Bruno de Carvalho.

No entanto, o advogado foi agora afastado depois de ter tentado afastar uma juíza num caso de violação.

Pedro Proença pediu “um juiz desembargador homem” para decidir o recurso de um homem condenado pela violação da própria filha.

“Antes de ser magistrada judicial, a veneranda juíza desembargadora é mulher e certamente mãe, o que leva a que o horror e a aversão inata ao ato de incesto confessado pelo arguido (…) e o facto de acusar a sua filha de o ter seduzido, provoquem no seu espírito, incontestavelmente, uma especial e mais gravosa oscilação na neutralidade exigida perante o mesmo”, argumentou o advogado, no pedido de afastamento da juíza.

O pedido do advogado gerou polémica e a TVI… afastou-se.

Em comunicado, a estação revelou que Pedro Proença foi dispensado “com efeitos imediatos”.

Embora realce não questionar “o facto de qualquer cidadão ter evidentemente o direito à sua defesa”, a TVI assumiu que o recurso no caso de um homem que violou a filha vincula o advogado “a princípios que repudiamos e consideramos nocivos à sociedade que queremos”.

“Em todo o caso, a TVI não pode deixar de agradecer a disponibilidade e empenho que Pedro Proença sempre revelou nestes quatro anos de colaboração”, concluiu a estação.

Mais partilhadas da semana

Subir