Motores

Pedro Meireles ‘rei’ no Leiria Sobre Rodas

Uma enorme multidão emoldurou a edição 2019 do Leiria Sobre Rodas. Um evento que é já um marco no panorama do automobilismo nacional, que já se transformou numa verdadeira festa das quatro e das duas rodas.

No recinto instalado no interior e no exterior do Estádio Municipal de Leiria mais de 50 mil pessoas assistiram a um espetáculo entusiasmante, que ao longo de quatro dias permitiu ao público da região e aos muitos forasteiros ver em ação alguns dos melhores pilotos e máquinas de competição.

Fotos: Pedro Monserrate/VMotores

Organizado pela Câmara Municipal e num traçado desenhado pelo Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria, o Leiria R5 Gold Challenge foi o ‘prato-forte’ do evento, que para além de coroar o campeão entregava um cheque de 7500 euros ao piloto que estabelecesse o melhor tempo absoluto, que tinha três tentativas para o concretizar.

E foi de Guimarães – outra cidade com castelo medieval – que veio o vencedor deste ano. Aos comandos do Volkswagen Polo GTi R5 Pedro Meireles garantiu o triunfo comm o tempo de 2m5,979s, suplantando a concorrência no cômputo das três séries.

Ricardo Teodósio foi o melhor dos primeiros treinos e foi o mais rápido no começo da competição. No segundo e decisivo dia o piloto algarvio deu espetáculo e tentou levar o Skoda Fabia R5 à vitória, mas apesar de melhorar o seu tempo, 2m6,948s.

Outra figura do evento foi Rui Madeira. Aos comandos do Ford Fiesta R5 da Lisdrive o piloto de Almada garantiu o último lugar do pódio, depois de entre a primeira e a terceira série ter melhorado 4,7 segundos o seu tempo, registando a marca de 1m7,115s na derradeira, terminando a apenas duas décimas de Teodósio.

Pedro Leal mostrou que ainda é rápido ao ser quarto, na frente de Paulo Antunes, numa competição que ainda viu em ação nomes como Miguel Campos, Gonçalo Figueiredo, António Dias, Valter Gomes e António Cruz Monteiro.

O Leiria Sobre Rodas inclui ainda a habitual prova de regularidade sprint, o Circuito Sport LSR. Teve mais de 60 participantes, divididos por três categorias, e disputada ao longo de quatro séries. Entre os Clássicos Tiago Vitorino foi o melhor, liderando de princípio ao fim no seu Austin Cooper, batendo José Grosso (Ford Escort MKI) e Jorge M. Batista (Opel 1904 SR).

Entre os desportivos Gustavo Gama também dominou aos comandos do seu Honda S2000, batendo Arlindo Gomes (Toyota Corolla) e Vítor Pascoal (Porsche 997 GT3 Cup). Isto num evento onde o antigo campeão do Mundo de Ralis Miki Biasion ‘passeou’ a sua classe aos comandos do Lancia Delta HF Integrale.

Mas melhor do que as palavras é a reportagem do nosso colega Joaquim Amândio Santos da VMotores.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir