Motores

Pedro Ferreira lamenta problemas que travaram uma boa prova

PedroFerreiraFronteira115

Pedro Ferreira faz um balanço positivo da sua participação nas 24 Horas TT de Fronteira, ainda que uma série de problemas no Depiéres Proto tenham impedido a equipa de conseguir um possível quarto lugar entre as equipas nacionais.

O piloto nortenho e os seus companheiros de equipa – Nuno Madeira, Paulo Oliveira e Pedro Silva – seguiam na liderança quando um problema elétrico fez o carro parar nas boxes durante cerca de uma hora.

Depois de terem realizado o 17.º tempo nos treinos cronometrados – e sexto melhor dos portugueses – Pedro Ferreira e os seus companheiros iniciaram a prova em bom plano.

Tendo a seu lado Luís Ramalho, o piloto nortenho dez o começo da corrida, e à passagem da segunda hora já seguia entre os oito primeiros. Depois foi sempre a subir na classificação, e com quase uma dezena de horas decorridas a equipa já ocupava o segundo lugar entre as formações nacionais.

PedroFerreiraFronteira215

Conseguiu depois chegar à liderança, mas durante a noite um problema com o fio de massa que se desligou obrigou a uma longa paragem, pois demorou a detetar a origem do problema.

Mesmo com tudo isto, Pedro Ferreira está satisfeito: “A partir do momento em que conseguimos terminar uma prova dura é sempre positivo. As condições climatéricas este ano ajudaram bastante, porque o tempo seco sempre é mais favorável para o nosso carro que tem apenas duas rodas motrizes”.

“Apesar de tudo fica um certo sentimento agridoce, porque estávamos em quarto lugar entre as equipas portuguesas quando tivemos um problema que nos demorou muito tempo a resolver e nos tirou a posição”, identifica Pedro Ferreira.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir