Motores

Pedro Antunes ‘tudo levou’ nas duas rodas motrizes e na Peugeot Rally Cup Ibérica

Ao impor-se em 12 das 13 especiais que compunham o Rali Serras de Fafe, Pedro Antunes não apenas se impôs na Peugeot Rally Cup Ibérica como nas duas rodas motrizes da primeira prova do Campeonato de Portugal da especialidade.

Bem cedo o piloto de Torres Vedras e o seu navegador, Paulo Lopes, se mostraram capazes de levar a melhor na luta que os opôs a Daniel Nunes e Rui Raimundo pela supremacia da competição destinada aos Peugeot 208 R2 organizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha.

Neste primeiro evento do ano alinharam quase duas dezenas equipas aos comandos dos carros de Sochaux e 18 concluíram o evento organizado pela Demoporto, que para além de pilotos nacionais e oriundos do país vizinho contou ainda com correntes da Letónia e do Reino Unido.

Contudo foi Pedro Antunes que bem cedo encetou uma discussão pela vitória com o atual campeão português de duas rodas motrizes. Daniel Nunes bem tentou desfeitear o piloto de Torres Vedras mas teria de se contentar com a segunda posição, terminando a mais de 42 segundos, ficando o último lugar do pódio para o espanhol Alberto Monarri, que concluiu o rali a 1m26,2s do vencedor.

“Foi um rali fantástico, que nos correu muito bem, pelo que estamos muito satisfeitos com o resultado. É muito bom começar o ano com uma vitória, ajudado pelo melhor tempo em quase todos os troços. Só a Super Especial nos correu menos bem, devido a um pequeno problema com a direção assistida, que depois resolvemos na Assistência”, contou Pedro Antunes no final.

Atrás dos dois primeiros também houve muita disputa, e Carlos Fernandes chegou a estar na luta pelo terceiro posto, antes de abandonar, deixando Alberto Minarri e José Maria Reyes a discutirem o pódio, que viria a sorrir ao primeiro, mas somente por uma décima de segundo.

O top cinco da Peugeot Rally Cup Ibérica foi completado pelo britânico Ruairi Bell e pelo espanhol Daniel Berdomas, numa disputa onde também estiveram envolvidos o lituano Georg Linnamae, o espanhol Josep Bassas e o português Hugo Lopes, que terminaram nas posições imediatas.

A próxima prova deste troféu monomarca terá lufar em Espanha e será o Rali Sierra Morena (Andaluzia), que se disputa a 21 e 23 de março.

56Shares

Mais partilhadas da semana

Subir