Fórmula 1

Pausa de verão na F1 vem mesmo a calhar para os pilotos da Renault

Para Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg a pausa de verão vivida na Fórmula 1 vem numa boa altura. Os resultados nos últimos grandes prémios têm sido dececionantes para a Renault, daí que seja necessário refletir de modo a mudar certas coisas na equipa.

Embora as fábricas das equipas tenham de permanecer fechadas durante este período de três semanas, responsáveis e pilotos vão aproveitar para repensar o que foi feito e alterar o que for necessário. E na Renault não será diferente, pois a equipa quer mais do que o sexto posto que ocupa no campeonato de construtores.

Daniel Ricciardo, que saiu da Red Bull Racing no final da época passada assumiu um desafio difícil na equipa de Enstone e as coisas, por diversas razões, não lhe têm corrido de feição.

O australiano não está triste pela paragem estival da F1: “Não o quero dizer de forma negativa, mas é agradável para toda a gente fazer um ‘reset’ e rever coisas que me sucederam pessoalmente nestes primeiros seis meses na equipa”.

Ricciardo foi para os Estados Unidos passar férias de modo a “estar longe da Fórmula 1”.

Nico Hulkenberg também aproveita as férias para repensar tudo o que foi feito, numa altura em que se fala que poderá deixar a Renault em 2020. “Estamos muito pior do que esperávamos. Não trabalhamos efetivamente o suficiente com os desenvolvimentos deste ano e temos de saber as razões para isso ter acontecido”, admite o piloto alemão.

Mais partilhadas da semana

Subir