Motores

Paulo Neto mantém objetivos para 2019

Mais uma vez Paulo neto vai disputar o Campeonato de Portugal de Ralis de duas rodas motrizes aos comandos do Citroën DS3 R3T Max, à imagem do que sucedeu em 2018.

Tal como na época passada o piloto de Sintra vai ter Vítor Hugo como navegador e mantém os mesmos objetivos de vencer a categoria onde está inserido, já que “fazer número” não faz parte da sua maneira de estar.

“Não temos a certeza de estar presentes em todas as provas, por questões profissionais, mas é certo que vamos estar à partida do Rali Serras de Fafe, a 22 de fevereiro. As restantes participações serão avaliadas prova a prova, embora seja nossa intenção marcar presença na maioria das provas”, afirma Paulo Neto.

Um dos aspetos positivos que o piloto sintrense destaca para a nova época é o facto de “contar neste início de temporada com os mesmos patrocinadores” que estiveram consigo “no final da temporada passada” e que o “ajudaram a vencer à geral o Rali das Camélias realizado no início de dezembro de 2018”.

“Não vamos alinhar esta época apenas para fazer número. Considero que temos um carro que ainda é dos mais competitivos nas duas rodas motrizes e que um bom trabalho de preparação de cada rali nos poderá permitir lutar sempre pelos primeiros lugares. Estou muito motivado por voltar à competição e sinto que a nossa equipa pode ser competitiva”, enfatiza Paulo Neto.

O piloto do Citroën DS3 R3T Maxi não vai poupar esforços, apesar da concorrência ser praticamente idêntica à do ano passado, enaltecendo de no arranque da época o Rali Serras de Fafe ter “uma das melhores listas de inscritos de sempre, o que também nos motiva ainda mais neste início de temporada”.

Mais partilhadas da semana

Subir