Desporto

Patrícia Mamona foi segunda no triplo salto do Meeting de Dusseldorf

A portuguesa Patrícia Mamona foi hoje segunda classificada no triplo salto do Meeting de Dusseldorf, na Alemanha, que encerra o circuito em pista coberta da federação internacional, vencida pela venezuelana Yulimar Rojas.

A atleta do Sporting foi a melhor europeia, ao saltar 14,22 metros, sendo superada pelos 14,46 de Yulimar Rojas, que se impôs nos dois últimos saltos.

A outra portuguesa em prova, Susana Costa, terminou em quarto lugar, com a marca de 13,95, atrás da finlandesa Kristina Makela (14,05), que terminou no último lugar do pódio.

Nos 60 metros, a costa-marfinense Marie Josee Ta Lou alcançou a melhor marca do ano, com o registo de 7,02 segundo, fixando um novo recorde do meeting alemão.

Nos 1.500 metros, o norueguês Jakob Ingebrigtsen levou a melhor, em 3.36,02 minutos, marca recorde nacional da Noruega, e bateu o etíope Samuel Tefera (3.36,34), que estabeleceu o recorde do mundo da distância na passada sexta-feira (3.31,04).

Mais partilhadas da semana

Subir