Mundo

Partido que nunca venceu presidenciais acaba de ‘eleger’ o terceiro presidente

Michel_Temer_900Com a ascensão de Michel Temer ao poder, após a destituição de Dilma Rousseff, o PMDB terá o terceiro presidente nos seus 50 anos de história. E o partido nunca venceu qualquer eleição para a Presidência da República.

Michel Temer será o terceiro membro do PMDB a subir na hierarquia, passando de vice-presidente a presidente. É a terceira vez que um elemento do partido sobe ao mais alto cargo da nação, em pouco mais de 30 anos, sem nunca vencer as eleições para a Presidência.

O primeiro governo do PMDB teve início no ano de 1985, quando o vice-presidente José Sarney assumiu a Presidência, em virtude da morte de Tancredo Neves, que tinha ganho as eleições em janeiro desse ano, mas acabou por morrer antes de tomar posse. José Sarney filiara-se no PMDB em agosto de 1984.

Curioso é o facto de que se segue: o segundo presidente daquele partido também se filiou em vésperas de eleições, em maio de 1992. Trata-se de Itamar Franco, que se juntou ao partido numa altura em que Collor estava perante uma crise de popularidade.

Eleito pelo PRN, Itamar Franco deixou aquele partido em resultado de uma reforma ministerial. E a 2 de outubro assume funções como presidente interino, também em resultado de um impeachment, que viria a ser aprovado em dezembro daquele ano. Foi o segundo presidente do PMDB que não venceu as eleições para o cargo.

Michel Temer é o senhor que se segue. Sucede a Dilma Rousseff, na presidência do Brasil, depois de não ter ganho as eleições.

Em destaque

Subir