Desporto

Partida do Sporting sob suspeita de corrupção com apostas

O jogo entre o Sporting e o Skenderbeu, da Liga Europa, disputado no passado dia 22, está a ser investigado, segundo avança o jornal espanhol ‘El Confidencial’. A equipa de Alvalade, refira-se, não é agente ativo ou passivo, passando imune à suspeita.

O Skenderbeu, adversário do Sporting, é suspeito de fabricar o resultado para as apostas.

Mais uma vez, as apostas. A partida entre a equipa portuguesa e o Skenderbeu está sob suspeita da Federbet, casa de apostas que assinala alguns factos a sustentar a sua investigação.

Em primeiro lugar, a goleada por 5-1. Depois, a forma como foi construída: com duas grandes penalidades convertidas pela equipa leonina. E em terceiro lugar, uma expulsão numa fase muito precoce do encontro.

Refira-se ainda que este é o terceiro encontro que envolve o Skenderbeu e que regista ocorrências estranhas. Por outro lado, terá havido um fluxo de apostas que apontava numa derrota expressiva dos campeões albaneses.

Dados estes factos, o que ocorreu em campo acabou por gerar grandes rendimentos para os apostadores.

“Minuto a minuto, as apostas para o total de golos e para a diferença entre as duas equipas revelavam apostas contra toda a lógica”, explica Francesco Baranca, secretário-geral da Federbet, citado pelo Correio da Manhã.

A partida entre o Skenderbeu e o Sporting disputou-se a 22 de outubro, no Estádio de Alvalade e foi relativa à terceira ronda da Liga Europa.

No entanto, este não é o primeiro jogo dos albaneses que deixa dúvidas. O Sporting, a confirmarem-se os factos, será sempre uma vítima deste ato de corrupção e nunca um agente (ativo ou passivo) dessa combinação de resultados.

O processo de corrupção com apostas precisa apenas de uma equipa, que se predispõe a praticar alguns eventos que geram lucros em apostas.

Em destaque

Subir