Nas Notícias

Parlamento recomenda maior distribuição gratuita de bombas de insulina a diabéticos

O parlamento aprovou hoje na generalidade projetos de resolução de BE e PCP no sentido de recomendar ao Governo socialista o aumento da distribuição gratuita de bombas de insulina aos doentes diabéticos.

Em ambos os casos, todas as bancadas e deputados votaram a favor da medida, à exceção do grupo parlamentar do PS, que se absteve, assim como o deputado não inscrito, Paulo Trigo Pereira, apesar de este último ter votado favoravelmente a iniciativa do PCP.

Aqueles dispositivos de perfusão subcutânea contínua de insulina (PSCI) permitem maior e melhor controlo da glicemia, impedindo hipoglicemias e descompensações hiperglicémicas e reduzindo os impactos da doença.

O texto bloquista prevê o alargamento da “atribuição gratuita de dispositivos de perfusão subcutânea contínua de insulina a indivíduos com mais de 18 anos que tenham indicação médica para tal e que estejam aptos a utilizar o dispositivo”.

Os comunistas recomendam ao executivo uma avaliação do “alargamento da comparticipação” das bombas de insulina aos doentes, “maiores de 18 anos, e que reúnem os critérios clínicos indispensáveis ao uso deste mecanismo de administração”, além de reforçar “a verba para a comparticipação” dos referidos dispositivos.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir