Fórmula 1

Para Lewis Hamilton “tudo estava perdido depois da qualificação” em Baku

Lewis Hamilton foi batido no Grande Prémio do Azerbaijão por Valtteri Bottas, atribuindo o seu segundo lugar a uma qualificação onde também perdeu a ‘pole position’ para o seu companheiro de equipa.

Para o Campeão do Mundo o que sucedeu sábado na Q3 foi determinante, ainda que as duas primeiras curvas da corrida de domingo e a fase final da prova indicassem o contrário, porque o ‘dono’ do Mercedes CW10 # 44 se mostrou tudo menos conformado com a segunda posição.

Bottas não foi apenas mais rápido que Hamilton na qualificação, como após a largada conseguiu resistir aos ataques do britânico, apesar de ter a trajetória exterior das duas primeiras curvas de Baku.

“Ele não cometeu nenhum erro e mereceu totalmente a vitória. Valtteri fez um trabalho excecional ao longo de todo o fim de semana e teve um grande ‘fair-play’ dando-me espaço (após a parrida), sendo depois irrepreensível”, declarou o Campeão do Mundo aos microfones na Sky Sport. Ainda assim Hamilton admite: “Fui demasiado gentil na primeira curva”.

Mas o Campeão do Mundo ‘carrega na tecla’ da sessão que no sábado ditou a frente da grelha de partida: “Tudo ficou perdido nas qualificações, por isso não há grande coisa a dizer. Mas foi um excelente resultado para a equipa. Honestamente é o melhor começo de época da nossa história”.

Mais partilhadas da semana

Subir