Fórmula 1

Para Hulkenberg a Renault merecia melhor sorte em Sochi

A Renault saiu do Grande Prémio da Rússia com um ‘magro’ ponto conquistado por Nico Hulkenberg. O alemão considera que a equipa merecia melhor sorte.

Foi um sabor amargo que a corrida de Sochi deixou não apenas na boca do titular do RS19 # 27 mas também de Daniel Ricciardo, com a estratégia e também algum azar não jogaram em favor da equipa da marca do losango.

As posições na grelha de partida pareciam indicar que seria possível sair da prova russa com bons pontos e ser a melhor equipa atrás das favoritas Ferrari, Mercedes e Red Bull, mas isso não veio a acontecer. Um ‘pit-stop’ lento também não ajudou à causa de Hulkenberg, já para não falar da colisão na primeira volta que eliminou Ricciardo.

O 10º posto conseguido em Sochi tem um sabor “apenas amargo” para o germânico. “Fiz uma má partida, uma primeira volta fraca e perdi três ou quatro posições. Depois corri para recuperar uma posição. Quando queremos aproveitar as paragens mas fazemos um ‘pit-stop’ lento isso acaba por nos afetar. E neste pelotão cada décima conta”, sublinha.

Nico Hulkenberg explica que facilmente se pode ficar numa situação difícil: “Se perdemos dois segundos isso é mau. E tive de forçar o andamento e degradar bastante os meus pneus, o que se paga sempre para o final de cada vida do pneu”.

“Depois houve um ‘safety-car’ virtual que jogou também contra nós. Infelizmente acho que este carro merece muito melhor. Tinha um andamento de corrida mesmo bom com o carro, mas nunca consegui mostrá-lo porque estava sempre retido atrás de alguém. Claro, e com isto sinto-me um bocado frustrado”, admitiu o piloto alemão da Renault.

Hulkenberg poderia ter ganho mais uma posição devido aos cinco segundos de penalização sofridos por Kevin Magnussen, mas uma perda de potência “nas últimas dez voltas” fez com que não tirasse partido desse facto.

Nico Hulkenberg admitiu: “Voltamos a perder pontos. Não sei qual foi a diferença (para a McLaren), e cada corrida que passa e não conseguimos mais pontos torna-se mais difícil. Queremos lutar pelo campeonato (construtores) e precisamos de nos concentrar na corrida após corrida para conseguir retirar tudo do que temos, limpos e suavemente e penso que é tudo o que podemos fazer”.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir