Fórmula 1

Para Hamilton as oportunidades são para aproveitar

Lewis Hamilton considera que o triunfo em Singapura, que o colocou 40 pontos à frente de Sebastian Vettel no Campeonato do Mundo de Fórmula 1 foi o aproveitar de uma oportunidade que não podia desperdiçar.

O Campeão do Mundo conseguiu, apesar de uma boa estratégia por parte de Max Verstappen, segurar a liderança da corrida numa fase crucial da mesma e ao mesmo tempo tirar partido do facto do seu rival no campeonato não ter ido além da terceira posição na cidade-estado do sudoeste asiático.

Quando faltam disputar apenas seis Grandes Prémios até ao final da época, Hamilton sabe que todos os pontos podem fazer a diferença: “Nós superamo-nos. Se o nosso potencial é 100, damos 102 por centro. Quando se assiste a uma reunião de too o pessoal sente-se a energia que emana da equipa, e isso é uma verdadeira fonte de inspiração. Podem dizer que já ganhamos juntos, mas não é o caso”.

Os percalços que Vettel tem sofrido têm jogado a favor do britânico da Mercedes, que só falhou o pódio três vezes e apenas conta um abandono. Daí que admita que aproveitar as circunstâncias também contribuiu para estar onde está. Mas não lhe chama sorte.

“Não acho que tenhamos beneficiado da sorte. Quando Vettel bateu no muro danificado o seu carro e perdeu tempo em pista nos treinos não acho que seja sorte. Aposto mais em ter evitado esse tipo de situações. Sei que a minha equipa conta comigo e eu conto com ela. Nós pilotos temos uma grande pressão sobre os nossos ombros”, afirma ainda Lewis Hamilton.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir