Tecnologia

Outra vez: Kim Dotcom avisa que o Megaupload vai voltar a funcionar

A promessa foi deixada nas entrelinhas por Kim Dotcom: o Megaupload vai voltar a funcionar, em princípio já em 2017. Com este regresso, os antigos utilizadores poderão recuperar as contas, mas agora pagando com bitcoins.

Não é a primeira vez que o fundador, cujo nome de batismo é Kim Schmitz (embora o mundo o conheça como Kim Dotcom), admite o regresso do serviço de alojamento de conteúdos e ficheiros que o FBI encerrou (na sequência de um mandato judicial do FBI).

O polémico empresário sediado na Nova Zelândia (o que levou os EUA a avançarem com um pedido de extradição, para o julgarem por promover a disseminação de conteúdos piratas) revelou, no Twitter, que o Megaupload poderá voltar a estar disponível já no próximo ano.

Se tal acontecer, os utilizadores (e eram 150 milhões há cinco anos) voltarão a ter acesso às contas com privilégios ‘premium’.

No caso do Megaupload, que chegou a ser o 13.º site mais visitado de toda a internet, voltar a estar disponível, os utilizadores que pretenderam pagar para ter acesso a funções mais avançadas terão de usar as famosas moedas virtuais: as Bitcoins.

Enquanto isto, Kim Dotcom continua envolvido na longa guerra judicial contra os EUA, batalhando nos tribunais neozelandeses para evitar a extradição.

“Serei o primeiro milionário das tecnologias que foi acusado, perdeu tudo e criou outra companhia tecnológica de milhares de milhões de dólares enquanto estava em liberdade condicional”, comentou o empresário.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir