Nas Notícias

Ott Tanak termina segundo dia na frente do Rali de Portugal apesar de suspensão partida

O piloto estónio Ott Tanak (Toyota Yaris) terminou hoje o segundo dia do Rali de Portugal na frente da classificação apesar de ter feito um pião na última especial do dia, em Amarante 2.

O piloto da Toyota concluiu a jornada de hoje com o tempo de 2:47.23,1 horas, tendo 4,3 segundos de vantagem sobre o irlandês Kris Meeke (Toyota Yaris), que é o segundo classificado depois da desistência do finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), com a suspensão dianteira esquerda partida.

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20) ascendeu, assim, à terceira posição, a 9,2 segundos de Tanak e com 11,8 segundos de vantagem sobre o quarto classificado, o francês Sébastien Ogier (Citroën Ogier).

Os quatro primeiros estão, por isso, separados por apenas 21 segundos, estando tudo em aberto para o terceiro e último dia desta sétima prova do Mundial de Ralis.

Para domingo estão previstas cinco especiais, com um total de 51,77 quilómetros cronometrados, incluindo os 11,18 de Fafe, que funciona como ‘power stage’, distribuindo cinco pontos pelos cinco mais rápidos.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir