Nas Notícias

“Os portugueses gostam de ser enganados”, diz jornalista da RTP

João Fernando Ramos, jornalista da RTP, conversou com alunos de uma escola do Porto e falou sobre jornalismo e o seu estado atual. O apresentador de notícias da estação pública lembrou a liderança do jornal Correio da Manhã e justificou-a com o argumento de que “os portugueses gostam de ser enganados”.

Numa altura em que o digital ganha terreno aos meios tradicionais, a visão que João Fernando Ramos tem para o jornalismo é clara: têm de redefinir.

O jornalista não antecipa o fim dos meios tradicionais em papel e explica o caminho que antevê para esses jornais.

“O papel não vai morrer, como muitos têm pensado nos últimos anos”, referiu, em declarações citadas pela Impala, salientando que o futuro lhes irá obrigar a mudar a abordagem.

“Tenho a minha teoria de não morte do papel, mas assistiremos a um novo conceito. Os jornais não terão notícias do dia, mas trabalhos de investigação e dossiers temáticos. Se conseguirem fazer isto irão sobreviver”, salientou, em declarações numa palestra no Colégio Júlio Dinis, no Porto.

Nascido perto da Lousã, João Fernando Ramos é um dos rostos mais conhecidos da RTP.

Atualmente, o jornalista apresenta o ‘Jornal 2’, na RTP 2, à noite, do qual é coordenador.

6Shares

Em destaque

Subir