Motores

Os dois mais rápidos em Daytona “estão noutro patamar” diz Filipe Albuquerque

Filipe Albuquerque contribuiu decisivamente para os tempos conseguidos pela equipa do Cadillac DPi # 5 da Mustang Sampling nos preparativos para as 24 Horas de Daytona, mostrando-se surpreendido por ter realizado apenas o quarto tempo.

O piloto de Coimbra considera mesmo que os dois mais rápidos durante este ‘Roar Before the Rolex 24’ “estão noutro patamar’, tal o andamento evidenciado pelos dois Mazda RT24-P da Joest Racing.

Albuquerque, que fará equipa com João Barbosa, Christian Fittipaldi e Mike Conway na clássica prova de abertura do Campeonato IMSA, a 24 de janiero, mostrou-se satisfeito com o seu desempenho, do Cadillac Dpi V.R negro e de toda a Action Express, ainda que não contasse com o desfecho final destes ensaios.

“Fizemos o nosso trabalho e correu tudo bem. Na minha volta rápida, fiz tudo na perfeição e fiquei surpreso quando me disseram que tinha sido apenas quarto. Na realidade os dois primeiros classificados estão noutro patamar. Percebemos que temos de continuar a trabalhar para ajustar pequenos detalhes que podem fazer alguma diferença”, refere o piloto de Coimbra.

Ainda assim Filipe Albuquerque mantém a expetativa, pois lembra: “A organização do Campeonato vai ainda avaliar o ‘balance ao performance’ e certamente colocará todos mais equiparados. Temos agora que analisar toda a informação recolhida para chegarmos ao fim-de-semana de prova o melhor preparados possível. O nosso objetivo é voltar a vencer por isso nada pode ficar ao acaso”.

Mais partilhadas da semana

Subir