Nas Notícias

Organizadores terminam protesto mas polícias continuam em frente à Assembleia da República

Os organizadores do protesto de hoje das forças de segurança deram por terminada a manifestação às 20h45, mas continua o medir de forças entre os polícias à civil e os colegas fardados em frente à Assembleia da República.

Várias filas de elementos do Corpo de Intervenção da PSP, compostas por dezenas de agentes, ocupam a escadaria do parlamento para evitar que os manifestantes rompam o cordão policial e entrem no edifício.

Pelas 21h10 mantinha-se a tensão no local, depois de há cerca de uma hora atrás grupos de manifestantes terem derrubado as grades de segurança que os impediam de subir as escadarias do parlamento.

Na altura os ânimos exaltaram-se entre os cerca de 5000 manifestantes e os organizadores do protesto apelaram à calma.

As centenas de manifestantes que ali continuam concentrados vão batendo palmas, atirando bandeiras dos sindicatos contra os colegas fardados do Corpo de Intervenção e já gritaram várias vezes “invasão, invasão” e “juntem-se a nós”, referindo-se aos polícias fardados e que estão de serviço à segurança da manifestação.

Os manifestantes já tentaram aceder a uma entrada lateral do edifício da Assembleia da República, mas o Corpo de Intervenção montou de imediato uma barreira no local.

Em destaque

Subir