Nas Notícias

Oficial: Sporting comunica rescisões à CMVM

A SAD do Sporting comunicou oficialmente à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários as rescisões unilaterais. Um comunicado com o mesmo teor, enviado em triplicado, com os nomes de William, Gelson e Bruno Fernandes.

“A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, informar o mercado que recebeu, na tarde de hoje, por email, documento subscrito pelo jogador Bruno Miguel Borges Fernandes, nos termos do qual este comunica a resolução do seu contrato de trabalho desportivo, com invocação de justa causa. A referida comunicação, os seus efeitos e consequências estão a ser objecto de análise pela Sociedade”, comunica a SAD ao regulador.

A mesma nota é enviada em triplicado, com os três jogadores: além de Bruno Fernandes, também William e Gelson.

Os três jogadores avançaram nesta segunda-feira, a três dias do final do prazo legal, com as quebras dos respetivos vínculos.

William, Gelson e Bruno Fernandes admitem recuar, se Bruno de Carvalho se demitir.

Os jogadores leoninos já foram alvo de ameaças, nas redes sociais, por parte de adeptos indignados.

Os três internacionais portugueses, atualmente ao serviço da seleção lusa que vai disputar o Mundial’2018, juntam-se ao guarda-redes Rui Patrício, também ao serviço da seleção, e Daniel Podence, que já tinham apresentado as suas cartas de rescisão.

Estas rescisões surgem na sequência, entre outros casos, das agressões sofridas por vários elementos do plantel e da equipa técnica em 15 de maio, na Academia do Sporting, em Alcochete, por cerca de 40 pessoas encapuzadas.

Destes atacantes foram detidos 27, que ficaram em prisão preventiva.

8Shares

Mais partilhadas da semana

Subir