Benfica

Octávio Machado: “Crise do Benfica deve-se ao ambiente de mentira e ódio, aos SMS, aos emails”

Octávio Machado, ex-dirigente do Sporting e ex-treinador do FC Porto, não tem problemas em identificar a origem da crise no Benfica. “Tem tudo a ver com o ambiente de mentira, de comunicação que incentivava o ódio. Lembro-me dos SMS, dos emails…”, afirmou o palmelão, numa entrevista ao Desporto ao Minuto.

A cartinha também não está esquecida e tem um responsável: João Gabriel, o-exdiretor de comunicação encarnado. “Não se esqueça que quem criou e alimentou todo este processo das queixinhas e comunicações falsas tem um nome. Lembro-me que há dois anos os apelidava de ‘Coro de São Gabriel’. A maneira como eles comunicavam através de cartilheiros… Isto tinha o objetivo de branquear algumas coisas, mas também sujar outros intérpretes. Naturalmente, se estas coisas não tiverem respostas, não terá efeito. Mas acho que as pessoas que o fizeram têm de pagar. Espero que a justiça funcione e que o conteúdo dos emails seja analisado”.

“Penso que aquilo que se passa no Benfica tem tudo a ver com o ambiente que se vive e que já foi criado há alguns anos. Um ambiente de mentira, de comunicação que incentivava o ódio. Lembro-me dos SMS, dos emails… Quer dizer, o problema nem são os emails, o problema é mesmo o conteúdo”, insistiu Octávio Machado.

“Os ‘Nhagas’, as mentiras, os 200 mil sócios, as contas deste ano, onde o Benfica paga mais de 30 milhões em comissões… Os benfiquistas começam a olhar para isto com alguma desconfiança”, concluiu o palmelão.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir