Insólito

Octávio declama poema a Bruno de Carvalho na CMTV

“O vinho vem do trabalho, de gente pura, rural, que não sente que um otário possa mudar Portugal”, declamou Octávio, na CMTV, num momento de poesia com um destinatário claro.

O programa Golos deste domingo, na CMTV, ficou marcado por um momento de poesia, da autoria de Octávio Machado, com um destinatário: Bruno de Carvalho.

“Há gente que tem o cheiro muito mal apuradinho. Cheira o bagaço primeiro e só depois cheira o vinho”, declamou Octávio.

Estava dado o mote para um momento de poesia raro.

Num momento televisivo único, o palmelão prossegue: “E por falar em cheirar, que será de um nariz só? Às vezes para respirar, é bom afastar o pó”.

“O vinho vem do trabalho, de gente pura, rural, que não sente que um otário possa mudar Portugal”

“Um país que está no nome dessa nossa instituição. Sporting Clube tem fome de uma nova direção”, continua Octávio, um poeta.

“Quem quer bem ao nosso grupo, que deixe estar o balneário, chega de tanto maluco a ser tão incendiário”

Octávio Machado, o treinador mestre em agricultura, remata com as suas origens.

“Sou do vinho, sou da vinha, sou do povo e do trabalho. Tenho a sanita limpinha e não há erva daninha que destrua o que eu valho”, conclui.

“Espetacular”, ouviu-se, no estúdio. Octávio guardou o seu rascunho e colocou termo a um recado original.

971Shares

Mais partilhadas da semana

Subir