Nas Notícias

Obstetra do ‘bebé sem rosto’ vai recorrer da proposta de expulsão da Ordem

Apontado à expulsão da Ordem dos Médicos (OM), o obstetra do bebé de Setúbal que nasceu com malformações e ficou conhecido como ‘bebé sem rosto’ informou que vai apresentar recurso.

Artur Carvalho, que esteve meio ano suspenso, foi proposto para expulsão da OM pelo Conselho Disciplinar (CD) Regional do Sul, depois de investigado no caso do ‘bebé sem rosto’.

O CD considerou que o obstetra devia ter detetado as malformações de Rodrigo, o bebé que nasceu sem nariz, olhos e parte do crânio.

“O médico Artur Carvalho não foi expulso da Ordem dos Médicos. Há uma proposta de expulsão de um relator do Conselho Disciplinar que ainda pode ser revista em função da contestação que vamos apresentar no prazo legal de 20 dias”, esclareceu o advogado do obstetra, Miguel Matias, em declarações à agência Lusa.

0Shares

Em destaque

Subir