Desporto

“O Sporting está doente, não vai lá com paninhos quentes”, diz Madeira Rodrigues

Pedro Madeira Rodrigues, candidato à presidência do Sporting, apresentou esta sexta-feira o programa da sua candidatura, sublinhando que o clube “está doente” e deixando um recado a Bruno de Carvalho.

Pedro Madeira Rodrigues apresentou as linhas que definem o seu programa eleitoral para a presidência do Sporting.

O candidato começou por afirmar que “o Sporting está doente” e que “isto não vai lá com paninhos quentes”.

“O Sporting está doente. (…) Isto não vai lá com paninhos quentes, com lugares comuns nem com promessas vãs. Acredito que a eleição se vai decidir no caráter, na liderança e na capacidade de gestão, algo que trago para o Sporting”, disse.

Madeira Rodrigues comentou também a recente polémica em torno de Bruno de Carvalho, com a proibição de usar os núcleos para a campanha, lançando uma indireta.

“Há pessoas que estão a ir aos núcleos, nomeadamente o antigo presidente, algo que cria muita confusão. Quero deixar passar esta confusão e falar com as pessoas dos núcleos de forma calma. Aliás, as pessoas que não moram em Lisboa devem ser respeitadas cada vez mais”.

O candidato à presidência dos leões referiu que o seu principal objetivo é “fazer o Sporting campeão”. “É um objetivo claríssimo para este mandato. Esta época é complica, não podemos participar na formação da equipa, não vamos fazer promessas vãs… Gostaríamos de prometer o campeonato, mas não é possível”, atirou.

Esta quinta-feira, recorde-se, Pedro Madeira Rodrigues divulgou no Facebook uma das suas 60 medidas apresentadas em 60 dias. A ‘promessa’ era a de devolver o valor do bilhete aos sócios em caso de empate ou derrota em Alvalade, mas o candidato apagou a publicação pouco depois.

As eleições do Sporting estão agendadas para o próxima dia 8 de setembro.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir