Fórmula 1

“O Mercedes W11 ainda pode ser mais rápido” garante Valtteri Bottas

Valtteri Bottas terminou a primeira semana de testes de pré-temporada de Fórmula 1 como o mais rápido, mas já garantiu que o seu Mercedes W11 pode ser ainda mais rápido.

O piloto finlandês foi o único a rodar na pista catalã abaixo da ‘casa’ de 1m16s (1.15,732) utilizando os pneus mais macios da Pirelli, ficando a três décimas da sua melhor volta no ano passado, quando as condições climatéricas eram diversas das agora encontradas.

Usando também o novo monolugar da Mercedes Lewis Hamilton terminou a sete décimas do seu companheiro de equipa, que tal como ele também se concentrou noutros aspetos do W11, que procurou conhecer melhor.

“Foi verdadeiramente divertido”, afirmou Bottas referindo-se ao último dia de ensaios, destacando: “Tratou-se sobretudo de efetuar turnos mais curtos procurando encontrar um pouco mais os limites do carro”.

“Pude explorar um pouco mais as performances do carro. Pareceu que progredimos nas afinações. O carro guia-se muito bem e estou certo que com mais trabalho na próxima semana o Mercedes W11 pode ser ainda mais rápido, e esse será, evidentemente, o objetivo. Fizemos bons progressos nestes três dias e foi uma boa semana de testes”, considerou ainda o finlandês.

Tal como Hamilton também Valtteri Bottas pode perceber um pouco melhor sobre o novo sistema de direção (DDA) do novo carro, que, já se sabe, deverá ser proibido nos regulamentos da Fórmula 1 de 2021.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir