Fórmula 1

O melhor teste de inverno para a McLaren há muito tempo

A primeira semana de ensaios de pré-temporada de Fórmula 1 em Barcelona foram o melhor teste de inverno para a McLaren há muito tempo.

Na retina no passado recente estão os monolugares de Woking parados na pista catalã nos preparativos para novas épocas de F1, nomeadamente na sua última colaboração com a Honda.

Agora, com o ex-Porsche Andreas Seidl a ‘comandar as tropas’ o monolugar laranja teve três primeiros dias de trabalho muito produtivos, com o MCL35 a rodar como um relógio e a permitir a Lando Norris e Carlos Sainz Jr terem boas performances.

No balanço desta primeira semana a McLaren pode estar satisfeita, e o seu líder é o ‘espelho’ disso mesmo: “Estou muito satisfeito com estes testes. Graças a uma preparação minuciosa e uma execução muito disciplinada por toda a equipa pudemos resolver todos os casos que tivemos na nossa lista para esta primeira parte da campanha de testes de inverno”.

“Em termos de fiabilidade foi o melhor primeiro teste invernal que tivemos em vários anos. É uma boa recompensa para todos membros da equipa, e a prova de que o trabalho realizado durante o inverno trouxe os seus frutos”, considerou também Andras Seidl.

Apesar de nenhum dos pilotos da McLaren ter encabeçado a tabela de tempos nos três dias, também é verdade que nenhum deles rodou com os pneus mais macios disponibilizados pela Pirelli (os C5).

Seidl também não valoriza o cronómetro nestes primeiros ensaios, mas sim a fiabilidade conseguida: “No que diz respeito a performances o carro comportou-se como o previsto, tendo em conta as diferentes etapas de testes que efetuamos ao longo destes três dias”.

“Utilizaremos o próximos testes para analisar em detalhe os dados recolhidos. Voltaremos na próxima quarta-feira e continuaremos a trabalhar na nossa preparação para Melbourne (primeiro grande prémio do ano) para extrair mais performance do MCL35”, conclui o homem que comanda a McLaren na F1.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir