Fórmula 1

O Grande Prémio do Brasil sob a perspetiva da Toro Rosso

Interlagos recebe mais uma vez o Grande Prémio do Brasil de Fórmula 1. Uma prova que é vista pela equipa Toro Rosso como imprevisível em relação à meteorologia.

A parte do miolo do traçado paulista é muito fluída pelo que a adaptação às circunstâncias será sempre um fator para escuderia de Faenza e para o seu piloto Daniil Kvyat, ainda que prefira uma prova brasileira com tempo seco, mas apreciar mais a condução.

Sendo que para o piloto russo há ainda um fator acrescido, pois é como uma ‘segunda casa’ depois de Sochi, por razões pessoais.

No vídeo percebemos melhor a perspetiva da equipa italiana.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir