EUA

O bar do orgulho gay é um monumento histórico dos EUA

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

O Stonewall Inn, o bar de 1967 que defendeu a igualdade de direitos para a comunidade gay, é agora monumento histórico dos EUA. Foi ali, no bairro Village, em Nova Iorque, que surgiu o movimento internacional de libertação homossexual.

Um estábulo de 1840 foi agora classificado como monumento histórico dos EUA. Mas a classificação não está relacionada com a função original, nem sequer com o restaurante em que foi reconvertido no ano de 1934.

Foi no ano de 1967 que o Stonewall Inn abriu portas como um bar e acabou por se tornar no principal ponto de encontro da comunidade homossexual, numa altura em que os clubes norte-americanos evitavam servir clientes com tendências sexuais diferentes.

As rusgas policiais aos bares onde se reunia a a comunidade lésbica, gay, bissexual e transexual (LGTB) e as dificuldades ao nível da burocracia e das licenças eram uma constante em Nova Iorque, no final dos anos 60.

O panorama só começou a mudar quando, na noite de 28 de junho de 1969, o Stonewall foi palco de violentos confrontos entre os clientes e a polícia, dada a intenção das forças de segurança em registar todos os travestis.

A notícia dos incidentes espalhou-se tão rápido que, em poucas horas, centenas de pessoas acorreram ao bar para se manifestarem contra o abuso policial, debaixo do lema ‘gay power’.

Os confrontos dessa noite prolongaram-se por mais seis dias, com manifestações e distúrbios no bairro de Village.

Os incidentes foram a base da criação de várias organizações de defesa dos direitos da comunidade LGBT.

Um ano depois, centenas de pessoas assinalaram o ‘Dia de Libertação da rua Christopher’, naquela que foi considerada a primeira grande marcha gay.

Devido à importância do Stonewall Inn, o Comité de Preservação de Sítios Históricos votou a favor da classificação do edifício, o que impede qualquer remodelação e até a demolição.

“A grandeza de Nova Iorque reside na sua diversidade e inclusão. Os eventos em Stonewall foram o ponto de partida do movimento para os direitos da comunidade homossexual e na história da nossa nação”, justificou Meenakshi Srinivasan, que preside ao comité,

O Stonewall Inn é o primeiro monumento histórico a ser classificado pela sua importância para a comunidade LGBT e para a história de Nova Iorque.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir