Motores

Nuno Madeira com “condições para rolar nas primeiras posições” em Portalegre

Nuno Madeira quer “fazer uma boa corrida” na Baja Portalegre 500, sétima e última prova da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno e também a derradeira jornada do Campeonato de Portugal da especialidade.

Em 2018 o piloto da SGS Car conseguiu terminar no top dez da Taça do Mundo e subiu ao pódio do Campeonato de Portugal de TT, apostando em conseguir um bom resultado na prova do ACP usandoo o Kia Sportage e tendo a seu lado Filipe Serra.

Fotos: AIFA

O evento alentejano, para além dos desafios naturais do terreno, tem uma lista de inscritos com bastante qualidade, o que só valoriza a competição que se realiza no próximo fim de semana. E Nuno Madeira está ciente disso.

“É sempre um prazer enorme disputar a Baja Portalegre, é emblemática esta corrida. Tivemos algum tempo para treinar e penso que podemos rolar nas primeiras posições”, afirma o piloto do carro # 243.

Nuno Madeira assume: “Acredito que reunimos as condições necessárias para fazer uma boa corrida. A lista de inscritos é extensa e conta com fortes nomes do CPTT e da Taça. Temos a tarefa dificultada”.

A 33ª Baja Portalegre 500 arranca desportivamente no dia 26 de outubro, sexta-feira de manhã com a super especial de 5,35 km. Da parte da tarde disputa-se o segundo setor seletivo com 99,22 km. No Sábado realiza-se o terceiro e quarto troços cronometrados de 191,75 km e 211,78 km, respetivamente.

Serão um total de 508,10 quilómetros percorrendo pistas dos concelhos de concelhos de Abrantes, Alter do Chão, Avis, Chamusca, Coruche, Crato, Fronteira, Gavião, Monforte, Nisa, Ponte de Sor, Sousel e Portalegre.

0Shares

Em destaque

Subir