Apresentações/Novidades

Novo Mazda3 apresentado em Los Angeles

A Mazda apresentou a nova geração do seu modelo para o segmento médio. Uma estreia mundial que revela um automóvel inteiramente novo, concebido segundo os conceitos e linguagem estética Kodo.

No fundo vamos encontrar um perfil que já vimos em modelos da marca para segmentos superiores, adaptados a uma faixa de mercado que procura automóveis mais utilitários e convencionais.

A secção dianteira não esconde a identidade deste novo Mazda3, que parece ter atingido a maturidade e que se caracteriza também por ser ligeiramente maior do que o seu antecessor, seja na variante de carroçaria ‘hatchback’ (dois volumes) ou ‘sedan (três volumes).

Uma estética muito marcante, com destaque para as óticas alongadas enquadrando a inconfundível grelha que já vimos em modelos tão diferentes como os mais recentes Mazda6, CX3 e CX5. A variante sedan caracteriza-se por um terceiro corpo muito curto, enquanto no hatchback sobressai o conjunto compacto que daí resulta.

Este modelo da marca de Hiroshima só vai chegar aos mercados europeus em 2019, num começo de comercialização que se irá iniciar antes na América do Norte, sendo que se caracteriza pela arquitetura SKYACTIV que tem tipificado os lançamentos da Mazda na última década. O mesmo se aplica ao princípio das mecânicas, com a adoção dos motores SKYACTIV-X, SKYACTIV-G e SKYACTIV-D.

Sem desvendar muito ao pormenor outros aspetos destes novo modelo, a marca japonesa vai dizendo que se destina a um segmento onde tem bastante implantação, mas onde pretende crescer em volume.

“O novo Mazda3, agora desvendado, dá início a uma nova era para a Mazda. A próxima geração de automóveis Mazda irá aumentar o valor da experiência de posse. Através destes produtos, continuaremos a elevar o valor da marca Mazda e a trabalhar rumo ao nosso objetivo de alcançar laços cada vez mais fortes com clientes de todo o mundo”, afirma Akira Marumoto, Director Representativo, Presidente e CEO da Mazda.

Mais partilhadas da semana

Subir