Mundo

Novo balanço de sismo na Indonésia aponta para 30 mortos e mais de 150 feridos

As autoridades indonésias aumentaram hoje para 30 o número de mortos na sequência de um sismo que atingiu quinta-feira o arquipélago das Molucas, num novo balanço que aponta para mais de 150 feridos.

O anterior balanço apontava para 18 mortos e mais de 100 feridos

“30 pessoas morreram e 156 ficaram feridas”, disse o porta-voz da agência de gestão de desastres Agus Wibowo.

Cerca de 15.000 pessoas foram levadas para abrigos, após o sismo de magnitude 6,5 na escala de Richter que ocorreu às 08:46 locais (00:46 em Lisboa) e o seu epicentro foi detetado a 37 quilómetros a nordeste de Ambon, na província das Molucas.

Foi seguido por dezenas de tremores secundários, provocando pânico entre os moradores que fugiram para locais mais altos.

A Indonésia, um arquipélago de 17.000 ilhas e ilhotas que foi formado pela convergência de três grandes placas tectónicas, está localizada no Anel de Fogo do Pacífico, uma área de alta atividade sísmica.

O arquipélago tem mais de 100 vulcões ativos.

No ano passado, no final de setembro, um terramoto de magnitude 7,5, seguido de um tsunami na ilha de Celebes, devastou a região de Palu e causou mais de 4.300 mortos e desaparecidos.

Em 2004, um tsunami matou 220.000 pessoas na região do Oceano Índico, incluindo 170.000 na Indonésia, logo após o Natal, tendo sido desencadeado por um sismo de magnitude 9,1 na costa de Sumatra.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir