Insólito

Norte-americana viciada em sofás. Comeu sete, no ano passado

Jovem Adele Edwards tem um problema incontrolável: adora sofás. No entanto, não lhes dá o uso conveniente. Seria mau se fosse sedentária, mas o problema é que a norte-americana come sofás. Come-os…

É um dos mais insólitos vícios de que um ser humano pode sofrer: comer sofás. Adele Edwards, que vive em Bradenton, na Florida, assume-o e vais mais longe. “Só no ano passado, comi sete sofás”, conta.

Aos 31 anos, Adele não consegue dizer quantos sofás já serviram de refeição, mas sofre deste problema há duas décadas. Na realidade, trata-se de uma doença diagnosticada: síndrome de Pica.

Esta doença caracteriza-se pelo apetite compulsivo por matéria não comestível. Carvão, terra, cinza de cigarro ou cola, por exemplo. As mulheres grávidas são mais vulneráveis, mas qualquer pessoa pode padecer da doença.

Os efeitos secundários são desordens gastro-intestinais e, em casos graves que afetem pessoas com problemas psíquicos, outras complicações mais graves, se forem ingeridos materais pontiagudos.

Mais partilhadas da semana

Subir